quinta-feira, 3 de setembro de 2015

São Luís vai sediar 3º Encontro Nacional de Grafiti

    


    Entre 4 e 6 de setembro São Luís sediará a 3ª Encontro Nacional de Graffiti "Riscos e Rabiscos". O encontro será na escola João Lma Sobrinho. O evento promove o intercâmbio cultural entre grafiteiros de vários estados e contribui para o fortalecimento da cultura urbana comênfase no respeito à cidadania.
    O encontro é organizado pelo coletivo "Virus Urbano". Estão confirmadas as presenças de  Lelin (São Paulo), Nika (Pernambuco), Tubarão (Ceará), Satão (Distrito Federal), Lee 27 ( Bahia), Luhan Gaba (Espirito Santo) Drika Chagas (Pará), Nica (Minas Gerais), Wg (Piauí), Edi Bruzaca (Maranhão),  entre outros.
    Durante os três dias serão realizados workshops, debates com temas de educação, saúde, drogas, sexualidade, direitos humanos, cidadania e outros, além de pintura coletiva de mural com 150 escritores de graffiti (artistas convidados e alunos), no muro da Escola Municipal João Lima Sobrinho, no Parque Timbira. Ainda terá Palco Cultural, onde será realizado apresentações de Djs, Batalha de Mc’s, Grupo de Dança de Rua, e Grupos de Rap.
Riscos e rabiscos
    De acordo com Gil Peniel, um dos líderes do Coletivo de Graffiti, o Projeto "Riscos e Rabiscos" (do Bom Jesus) foi criado para promover a propagação da arte urbana e divulgar a arte do graffiti para crianças e adolescentes em situação de risco, da região. “O projeto oportuniza crianças e adolescente a ingressarem no mundo da arte e de pintar ao lado de grandes artistas. Nos três dias queremos transformar muros da cidade em verdadeiras galerias de arte a céu”, contou.
    Atualmente 30 crianças e adolescentes (10 a 17 anos) participam de oficinas de graffiti, desenho, pintura em tecido e artesanato na Associação de Artesão do bairro Coroadinho - Bom Jesus. As atividades (teoria e prática) são realizadas pelo Coletivo de Graffiti, “Vírus Urbano” composto por Edi Brazuca, Gil Peniel, Gudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário