segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Bancários do Maranhão ficam de fora da paralisação nacional contra reforma da Previdência

Sindicalistas do SEED-MA em movimento contra reforma da Previdência
    O Sindicato dos Bancários do Maranhão, SEEB-MA, não aderia à paralisação nacional da categoria em protesto contra as reforma Previdência e Trabalhista (esta última já aprovada)..

    Na semana passada, militantes sindicais promoveram manifestações contra a reforma da Previdência em frente a agência bancárias de São Luís. 

     O presidente Eloy Natan contesta os números do governo sobre o déficit da Previdência e defende o fim da Desvinculação das Receitas da União, mecanismo que permite que o governo faço o remanejamento de até 20% da receita da seguridade social, que inclui a previdência, para outros fins. 

    Como presidente da entidade, Natan é favorável ao fim da contribuição sindical obrigatória.

Nenhum comentário:

Postar um comentário