terça-feira, 22 de agosto de 2017

Maranhão deixa de divulgar números sobre violência no Estado

    Sem divulgar dados relativos à redução do número de casos de violência registrados no estado, o secretário Jefferson Portela perdeu oportunidade de divulgar avanços na área do governo do Maranhão. Levantamento divulgado pelo jornal O Estado de São Paulo feito junto às secretarias de estado de Segurança Pública destaca  Sergipe. Jefferson Portela tem se desdobrado nas atividades da pasta e agenda de campanha pelo interior do estado. Ele é candidato a deputado federal pelo PCdoB nas eleições de 2018.

    Na comparação com do primeiro semestre deste ano com 2016, Sergipe reduziu em 12,54% o número de homicídios dolosos, lesões corporais seguidas de morte e latrocínios (roubos seguidos de morte). Foi que mais reduziu na região e sexto no país.  Ainda no Nordeste conseguiram reduzir o número de homicídios Paraíba (-9,63), Piauí (-4,56%) e Bahia (-2,41). 

    Na outra ponta, do aumento descontrolado da violência, está Pernambuco, com taxa de elevação de 37,88%, seguido por Ceará (+31,90%), Rio Grande do Norte (+26,27%) e Alagoas (+4,31%). Em Sergipe os números estão em queda desde 2015, segundo ano de mandato do governador Jackson Barreto (PMDB). 

    Barreto considera investimentos realizados na área, como o sistema de radiocomunicação digital da SSP, como fator determinante para bons resultados. O número de policiais convocados pelo governo também é apontado como ferramenta no combate ao crime. Mas, um detalhe, a Força Nacional está no estado e atuará até dezembro no Sergipe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário