quarta-feira, 12 de julho de 2017

Cufa lança cartão pré-pago para moradores de favelas

     Um serviço de cartão pré-pago direcionado a moradores de comunidades foi lançado hoje (11) pela Central Única de Favelas (CUFA), que tem a meta de chegar a um milhão de clientes em seis meses. A dispensa de comprovações de renda e residência é uma das estratégias para atrair esse público, que muitas vezes não consegue ter conta bancária.

    A partir de amanhã (12), a oferta do chamado Cufa Card começará a ser feita de porta em porta em 60 favelas da região metropolitana do Rio de Janeiro, mas a adesão ao cartão pode ser feita por pessoas de todo o país. Apesar de o público-alvo serem os moradores das favelas, qualquer pessoa com Cadastro de Pessoa Física (CPF) pode aderir.

    Fundador da Cufa, Celso Athayde diz que o objetivo é levar inserção econômica às comunidades e fazer com que o dinheiro circule entre pequenos empreendedores e pessoas atualmente desbancarizadas.

    Para aderir ao Cufa Card também não há consulta ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) ou Serasa. O cliente paga uma taxa de R$ 8, que é revertida em R$ 10 de crédito para chips de qualquer operadora de celular. A partir disso, é possível depositar dinheiro na conta associada ao cartão, que não tem anuidade, e gastar o saldo de forma pré-paga em qualquer estabelecimento que aceite a bandeira MasterCard.

    O depósito de crédito no cartão pode ser feito presencialmente, em postos de atendimento em favelas da região metropolitana do Rio, por meio de boleto ou pelo aplicativo do Cufa Card para celulares. O saldo pode ser transferido para outros usuários do cartão, sem a cobrança de taxas, e até mesmo sacado, em caixas eletrônicos Banco 24 horas, nos quais é cobrada a taxa padrão da operação. As compras só podem ser feitas à vista, sem a possibilidade de parcelamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário