domingo, 11 de junho de 2017

No PAINEL da Folha de S. Paulo

Arestas O ministro Admar Gonzaga classificou o pedido de impedimento levantado pelo procurador Nicolao Dino como “deselegante, sorrateiro e preconceituoso com a advocacia”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário